Dermatologia
Cosmiatria e Laser
Tratamentos Faciais e Corporais
 




Agende sua consulta on-line, clique aqui. Fale Conosco tire suas dúvidas com a nossa equipe.

Notícias

Substância oral vem sendo estudada para melhorar perfomance da toxina botulínica

A toxina botulínica tem sido amplamente utilizada no tratamento de muitos distúrbios do movimento involuntário e nos procedimentos cosméticos. Sua ação é de agir na contração muscular, promovendo um relaxamento dos movimentos no local aplicado, e consequentemente uma redução das rugas de expressão.

No entanto, para ser eficaz, cada molécula da toxina deve ser associada a uma molécula de zinco. Sem zinco, a toxina tem pouco ou nenhum efeito. Curiosamente, se o zinco é adicionado à toxina durante o processamento, a potência da toxina é muito diminuída. Para ser eficaz, ela deve se ligar ao zinco no músculo, depois de ser injetada. Se uma pessoa tem quantidades inadequadas de zinco, então a toxina terá um efeito significativamente diminuído.

Níveis de zinco são aumentados pela ingestão de alimentos como frango, carne bovina, suína, ovos, cereais integrais, feijões e leguminosas.

Há uma série de razões pelas quais a absorção de zinco pode ser inibida. Talvez os maiores culpados sejam os ​​fitatos, elementos que se ligam fortemente ao zinco no intestino e impedem sua absorção. Eles são encontrados em pães integrais, cereais, soja, aveia, legumes, feijão, milho, nozes e arroz. Infelizmente, muitos dos alimentos ricos em zinco também contêm fitatos, por isso pode ser muito difícil aumentar e monitorar os níveis de zinco através da dieta.

Uma nova substância lançada nos Estados Unidos vem sendo estudada: em sua composição há zinco orgânico altamente biodisponível , juntamente com fitase, uma enzima que efetivamente quebra fitatos, para maximizar a absorção de zinco pelo corpo.

Um estudo recente com a substância tomada de forma oral por 4 dias antes de injeções de toxina botulínica no tratamento do blefaroespasmo, espasmo hemifacial ou procedimentos cosméticos resultou em um aumento em ambos os efeitos de tratamentos e da duração da toxina botulínica.

Este estudo sugere que seu uso pode levar a menos injeções de toxina, melhorando sua performance, seja no efeito, seja na duração. 


Receba em seu e-mail o nosso informativo, com dicas e notícias.

Veja também

  • 11/05/2016

    Tratamento não-cirúrgico da flacidez com fios absorvíveis (Silhouette Lift)

    A técnica de fios absorvíveis com microcones de...

    veja mais

  • 11/06/2016

    Novidades para gordura localizada em braços e pernas

    Um avanço no tratamento da gordura localizada acaba de...

    veja mais

  • 11/07/2016

    Preenchimento de rugas através de lasers? Isso já é possível!

    Lançado oficialmente no Brasil no fim do ano de 2014, a...

    veja mais


Agende sua consulta
por WhatsApp

Agendar Consulta via WhatsApp



Membro da Sociedade  
Americana de Laser  
Membro Associado da ASLMS  



SCbr Informática